Food service: perfil de consumo de café especial no mercado brasileiro

O cafezinho é mesmo uma paixão nacional e os números não mentem. De acordo com pesquisa realizada pela Euromonitor International, o consumo de café especial deve atingir 1,2 milhão de toneladas no Brasil até 2021. De olho nessa pesquisa e no grande número de investimento em novos empreendimentos no setor de food service, separamos algumas informações interessantes. Se você trabalha neste ramo, talvez valha a pena estar de olho nas tendências no mercado de cafés.

Não é só um cafezinho

Engana-se quem pensa que o consumo de café no Brasil se limita ao simples fato de ingerir a bebida. Café é coisa séria, ainda mais quando o assunto é café especial. De acordo com a pesquisa, os principais fatores que motivam os consumidores a escolher os cafés especiais são:
  • Qualidade do café;
  • Busca por sabores e aromas diferentes;
  • Determinadas regiões produtoras;
  • Variedade dos grãos;
  • Conhecimento sobre a origem do café;
  • Apoio às iniciativas socioambientais.
Cerca de 70% dos amantes de cafés especiais se dispõem a investir um pouco mais na compra dos grãos, desde que a marca comunique todas essas características do café e entregue um produto diferenciado. Ou seja, o valor agregado ao produto é que o torna interessante!

Consumo do café é experiência

Analisando estes dados, fica fácil perceber que o consumo do café é, na verdade, uma experiência. Pensando nisso, a pesquisa mapeou quais são os fatores que afastam ou aproximam o consumidor de um cafeteria. De acordo com os dados, são 5 os fatores que fazem o cliente querer voltar a um estabelecimento de cafés:
  • A qualidade do café;
  • Opções diversas de métodos de preparo;
  • Lugar agradável para conversar;
  • Variedade na oferta de cafés do cardápio;
  • Variedade na oferta de alimentos.
Curiosamente, os fatores que mais contribuem para que o cliente não volte ao estabelecimento estão mais ligados à experiência no ambiente. Alguns dos pontos de destaque são o barulho do ambiente, a falta de espaço e, só então, a qualidade do café. Ou seja, o cliente entra em sua cafeteria em busca de cafés de qualidade, mas só retorna se, além disso, encontrar um ambiente agradável.

Fidelização: o segredo do sucesso

Todos sabemos o quanto é difícil e custoso fazer nosso cliente chegar até o estabelecimento. Porém, mais difícil ainda é fazê-lo voltar. Desta forma, analisando estes dados, podemos pensar o quanto é importante estruturarmos bem nosso negócio para oferecer a melhor qualidade em produtos e experiência para o consumidor. Investir em um bom café, com um cardápio exclusivo e diversificado, além do treinamento da equipe para oferecer um atendimento especial, podem posicionar o seu negócio à frente da concorrência! Para saber mais sobre nosso serviço de consultoria para food service, mande-nos uma mensagem!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *