O beabá da Chemex

Quem não gosta de um bom café quentinho e coado na hora? 😋Esse tradicional método é um dos preferidos de grande parte dos consumidores da bebida. ☕

Aprendemos com nossos avós, pais e antepassados a preparar o café com o coador de pano, que ainda é muito utilizado.

Mas, com um mercado de consumo que busca constantemente inovar, hoje há diversos tipos de utensílios à nossa disposição, e preparar um simples café coado se transformou em uma experiência interessante e inovadora. Os baristas e amantes da bebida agradecem! 😂

Hoje, vamos falar sobre a cafeteira Chemex…você conhece?🤔 Esse método de preparo do café não é tão comum no Brasil. Mas se você é fã de TV, pode ser que já tenha a visto, já que ela aparece nas séries Friends e Brooklyn 99. 📺

Chemex consiste de uma jarra de vidro com um adereço de madeira polida, amarrado com
um laço de couro. O utensílio é produzido com um material que, além de resistente a altas
temperaturas, não absorve resíduos nem odores.

Com o formato de ampulheta, afunilado no meio, auxilia na manutenção da temperatura e serve de encaixe para o filtro. A parte em madeira isola o calor do café, permitindo que a bebida seja servida sem queimar as mãos.👍

O grande diferencial da Chemex é o seu grosso filtro de papel, que ao ser dobrado cria uma
camada tripla em um dos lados, fazendo com que o café saia mais limpo, suave e sem amargor.

Sabe aquele pozinho de café que às vezes passa pelo filtro de papel convencional? Com a
Chemex, isso não acontece.👏 Detalhe: a moagem do café precisa ser mais grossa, para que não demore muito tempo na hora em que for coá-lo.

MODO DE PREPARO

A proporção recomendada para a Chemex é de 21g de café  para 300ml de água. Vale a pena utilizar uma balança para não errar com as quantidades!

Inicialmente, escolha um café especial e separe a quantidade necessária para o preparo.

Dobre o filtro e encaixe na cafeteira, deixando a parede tripla para a frente do utensílio – no caso, é a que tem o “bico” para servir o café.

O próximo passané ferver a água até que atinja uma temperatura próxima a 93ºC. Se você não possui um termômetro, basta deixar que a água ferva até começar a borbulhar e desligar em seguida. A temperatura da água é muito importante; se estiver quente demais, ela pode queimar o café!

Utilize a água recém fervida para escaldar o filtro. Isso tira o gosto de papel, evita que ele absorva mais nutrientes e óleos do que o necessário e ainda aquece a superfície em que o café ficará, evitando que ele esfrie pelo choque térmico.

Depois de jogar fora a água utilizada na etapa anterior, coloque o café no filtro e inicie a hidratação, colocando água até cobrir todo o pó.

Em seguida, acrescente a água em movimentos circulares e baixos, deixando sempre um dedo de espaço livre para não derramar e evitando as paredes. Espere a água descer e repita o processo.

Quando o gotejamento parar, retire o filtro com cuidado e descarte. Sirva imediatamente e se delicie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *